Digi-crônicas

O que, afinal, seriam digi-crônicas?!? Ora… são crônicas, essas histórias que tratam da vida social, política etc, com linguagem simples e coloquial… só que difundidas digitalmente, certo?!

Então, o que esperar desta proposta no Tecendo o verbo?…

Em tempos de internet, nada melhor do que levar essas histórias, cheias de elementos de costume e cotidiano, digitalmente, aos leitores. Isto é o que queremos com os posts rotulados na categoria “digi-crônicas”. Tomara que vocês aproveitem!!!!

  • A peste 2: quando a ficção ameaça tornar-se realidade (05/03/2020) - Por: Cristina Vergnano Aviso: Esta, como “A Peste”, continua sendo uma história ficcional. Qualquer semelhança entre personagens, fatos (exceto, claro,
  • Carnaval… sem idade nem tempo… (25/02/2020) - Por: Cristina Vergnano Eram 14 horas do sábado de carnaval. Na esquina de uma rua movimentada do bairro da Tijuca,
  • A peste (21/01/2020) - Por: Cristina Vergnano Aviso: Esta é uma história ficcional. Qualquer semelhança entre personagens, fatos (exceto as alterações na água no
  • Naquela praça… (26/11/2019) - Por: Cristina Vergnano Os dois namorados passaram apressados e de mãos dadas, como faziam todas as manhãs, por aquela pequena
  • Feliz dia… professora! (15/10/2019) - Por: Cristina Vergnano Uma sequência de alertas sonoros do celular arrancou-a do delicioso sonho no qual estava imersa. Olhou bastante
  • Cadê o docinho que estava aqui???… (27/09/2019) - Por: Cristina Vergnano Ana Patrícia acordou tarde naquele dia 27 de setembro. Já que estava mesmo aposentada, apesar de seus
  • Bem-vinda, primavera!!! (23/09/2019) - Por: Cristina Vergnano Ao meu amigo Luiz, que sempre me envia imagens de flores… Ele acordou com um sobressalto causado
  • Dor das lágrimas antecipadas (18/09/2019) - Por: Cristina Vergnano Meu respeito, carinho e solidariedade às vítimas do incêndio do Badim e suas famílias. No início da

Compartilhe!

Deixe uma resposta