Pelo Dia das mães

Por: Cristina Vergnano

Permito-me trazer, para começar, dois pensamentos que ouvi do frei Regivaldo durante a missa desta manhã. No mais, serei breve.

Mãe sempre nasce com uma asa escondida, porque é anjo.

Mães são as grandes mestras do amor.

Pois é… Estejam elas vivas ao nosso lado, ou falecidas, velando por nós lá do céu, com suas limitações humanas e as diferenças próprias de cada uma, sempre poderemos dizer que são reflexo do amor maior de Deus nesta terra. Representam mais um presente do Pai, para vivenciarmos desde já seu carinho por nós.

Deixando de lado a data meramente comercial, porque, afinal, dia da mãe é todo dia, quero deixar aqui minha homenagem singela a todas as mães, num enorme e sincero MUITO OBRIGADA! Tenham todas um lindo dia, cheirando ao amor que emana de vocês, ecoa nos filhos e filhas e se esparrama feliz pelo mundo!

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *